Jesus Revolution mostra uma resposta radical aos anos 60

Joel Courtney como Greg Laurie e Anna Grace como Cathe. Photo Credit – Dan Anderson.

“Deus está morto?” uma capa da revista Time de 1966 perguntou. Uma capa da Time de 1971 anunciava “A Revolução de Jesus”. O que causou essa mudança cultural na década de 1960 radical que ainda nos impacta hoje? Kelsey Grammer estrela um novo filme que conta parte da história: como um hippie, um adolescente drogado e um pastor certinho da Califórnia se uniram para levar esperança à milhões.

Um filme da Lionsgate, Jesus Revolution é baseado em parte do livro de mesmo nome, de Greg Laurie e Ellen Vaughn. O elenco inclui Grammer (Frasier), Jonathan Roumie (The Chosen), Anna Grace Barlow (The Big Leap) e Joel Courtney (Super 8).

Jornalista, autor, narrador e agora blogueiro.

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer