Sinais e Pintas no Corpo

Minha avó era convertida ao evangelho mas, vez por outra, deixava escapar algumas crenças estranhas. Certa vez, ela observou sinais (pintas) no meu corpo e profetizou: “você tem largas chances de se casar com uma mulher rica”.

Até hoje tenho dúvidas se ela era supersticiosa ou tinha alguma crença folclórica herdada da cultura regional que a tornara uma senhora muito empática no trato com as pessoas.

A crença de um povo pode variar de acordo com a região e os costumes locais. Simão Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, levou tempo para se libertar de crenças e superstições (Atos 10).

Por causa das convicções da minha avó e dos meus próprios preconceitos, demorei alguns anos para me casar, esperando a sorte chegar. Foram muitas escolhas e orações até que um dia a bênção chegou. Investigações à parte, expectativa além da conta, acabei cego pela paixão.

Foram quase dois anos e meio de namoro e noivado, incomodado, com uma pulga atrás da orelha. Noites inteiras em claro, a espera do cumprimento da profecia, pois casamento é coisa séria. Trata-se de um evento fatal. Errou… é pro resto da vida.

Decidi então visitar minha avó e apresentar a iminente esposa, poucos dias antes do casamento. Ela olhou a prometida dos pés a cabeça e disse: “é moreninha, mas é bonita”. Hoje, ao completar 35 anos de casado, creio que a vovó, em parte, tinha razão. Uma mulher virtuosa vale mais do que uma milionária.

Jornalista, autor, narrador e agora blogueiro.

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer